MORREU A BAILARINA MICKAELLA DANTAS

MORREU A BAILARINA MICKAELLA DANTAS

Faleceu na manhã de sábado, na cidade do Porto (Portugal) a bailarina Mickaella Dantas, nascida a 02 de agosto de 1989 em Cruzeta, no Rio Grande do Norte (Brasil), vítima de doença prolongada.

Mickaella Dantas integrou o elenco da Cia. Dançando com a Diferença no ano de 2011, a convite de Henrique Amoedo.

Na companhia, participou das criações de diferentes coreógrafos, assim como integrou digressões pelo país e também no estrangeiro. Em 2011 integrou o elenco de “DESAFINADO”, a criação de Paulo Ribeiro e em 2012 o mesmo aconteceu em “DEZ MIL SERES”, de Clara Andermatt.

Mickaella Dantas, durante o seu período de permanência na Madeira, também integrou as criações de Henrique Amoedo e prestou apoio ao trabalho educativo dos grupos de formação da companhia.

Interrompe o seu vínculo profissional com a companhia no final de 2012, sem nunca se desligar completamente da Madeira e do trabalho da Dançando com a Diferença.

Em Lisboa conclui o Programa Avançado de Criação em Artes Performativas, no Fórum Dança e também inicia a exploração de áreas performativas que vão para além da Dança.

Com Clara Andermatt desenvolve diferentes projetos e integra criações da coreógrafa para a sua companhia, iniciando também colaborações com Bruno Machado e Juliana Moura do Instituto Nacional de Artes do Circo (INAC) e com Maria Vlachou, na Acesso Cultura, para além das aproximações aos universos criativos de Sara Anjo, Marlene Monteiro Freitas, Vera Mantero, Flora Detrás, entre muitos outros. Na Madeira também colaborou com o Teatro Bolo do Caco, com o coletivo Mad Space Invaders

Integrou o elenco da CandoCo Dance Company, sob a direção artística de Pedro Machado e Stine Nielsen, diretores que, em 2007, sucederam a Celeste Dandeker, uma das criadoras da companhia.

Na CandoCo, Mickaella Dantas, pode conhecer de perto os trabalhos dos coreógrafos Yasmeen Godder, Marc Brew e Claire Cunningham. Integrou ainda a (re)criação de Set and Reset/Reset uma releitura da importante Set and Reset, de Trisha Brown, pela primeira vez dançada por um elenco de intérpretes com e sem deficiência.

 

Atualmente estava a colaborar com a Wamãe – Antropologia Pública e também era assistente da direção artística da Dançando com a Diferença, conjuntamente com José Gregório Rojas. Mantendo também colaborações com outros artistas em Portugal e no estrangeiro.

 

“Mickaella Dantas, nos deixou. O seu profissionalismo, persistência e competência ficarão como um exemplo. Não somente pela sua dança, mas também pela sua garra e forma de ser e estar no mundo. Nos seus 34 anos de vida, abriu muitas portas, criou novos caminhos e gerou oportunidades. O cancro, que conheceu de perto aos 11 anos e que em diferentes momentos habitou o seu corpo, desta vez, tirou-a de nós, levando também a sua (e um pouco da nossa) dança”, referiu Henrique Amoedo, diretor da Dançando com a Diferença.

Publicado a 12 Fevereiro, 2024

1335 Visualizações

Categoria:

Comunicação

Tags: