Exílio

de Carolina Teixeira

2004

Exílio

 

Sou como grito de um espaço

e de um tempo que não existe.

Distante, difícil,

exílio

de mim mesmo.

(Carolina Teixeira)

 

 

Ficha Artística

Coreografia: Carolina Teixeira

Ensaiador: Cláudia Filipa Freitas e Maurício Freitas

Banda sonora: Pangaio

Figurinos: Maurício Freitas

Desenho de luz: Henrique Amoedo e Maurício Freitas

Produção: DREER - Direção Regional de Educação Especial e Reabilitação

 

Estreia absoluta: 19/11/2004   Funchal (Portugal)

Exílio

Exílio

Publicado a 06 Abril, 2018

3064 Visualizações

Categoria:

Repertório