Workshop - Corpo e Intuição

de João Garcia Miguel

2018

 Workshop "Corpo e Intuição"

 

 

 

O nosso corpo é um processo de actualização permanente do seu trânsito entre o interior na sua relação com o exterior ¬ e vice versa. Estes processos ligam o corpo com o tempo e o espaço e abrem-no à relação com os outros. O corpo vive no meio destes entretempos que o transportam para estados criativos quando se toma consciência deles. Estar em permanência nesse estado criador é um imperativo natural do corpo. Como se pode incentivar esse estado criativo em permanência? Como fazer este tipo de processo criador tornar-se um sistema de acção e fazer parte de cada gesto, de cada som do corpo do artista?

A investigação e desenvolvimento desses padrões intuitivos — que aproximam o corpo ao estar num estado de sonho e ou visões vigilantes em permanência — é uma abertura para um lugar de acesso a imagens de si e de mundos que o colocam mais próximo do seu inconsciente. A partir da abertura desse espaço de visões e de comunicação com o espectador, iluminam-se e encenam-se os corpos. É como se ambos, actor ou bailarino e espectador, se tornassem observadores participantes de uma “visão interior” encenada por ambos.

Propomos desenvolver essas cosmogonias individuais a partir do som e das imagens arquetípicas como matérias de base. Nesse sentido busco em cada corpo de aquilo que, à falta de melhor termo, defino como uma “musicalização” do existir. É como se o corpo abandonasse a sua condição de instrumento e se tornasse presença de uma vibração ou energia que flui. Se tornasse uma música surda que se escuta sem se ouvir. Esse inaudito do corpo é tornado audível e visível. E talvez se possa dizer, transformador do corpo num órgão sensível que lhe permite, e a quem com ele contacta, ouvir e ver o inaudito, mas também a si mesmo, como quem ouve e vê o que sente. Este invocar do corpo do artista, como uma abertura, ou criação, para o escutar do seu corpo e do mundo, é uma qualidade que impõe a existência de um território comum. Esta encenação do mundo é um abrir-se à pertença de, ou pelo menos, a tornar-se acessível por instantes ao indiferenciado. À passagem do caos ao cosmos.

É sobre este labirinto de conceitos que João Garcia Miguel se propôs trabalhar com os corpos e os anseios dos bailarinos que se candidatarem à formação.

 

Data: 08 a 12 de Janeiro 2018

Formador: João Garcia Miguel

Horas de Formação: 13

Local: Ginásio de São Matinho - Funchal

Workshop "Corpo e Intuição"

Workshop "Corpo e Intuição"

Publicado a 09 Abril, 2018

556 Visualizações

Categoria:

Atividades